Information Modelo de Pedido de Adesão
Inserido por: Requiao - 11-05-2021, 09:53 AM - Fórum: Pedidos de adesão de novos membros - Sem Respostas

Este é o modelo de Pedido de Adesão para sua micronação aderir à CFM e perder participar.

A adesão é simples, mas pode não ser aprovada pela Diretoria da CFM. Copiando este modelo e preenchendo certinho, facilita para todo mundo.

OBS: Ao aderir à CFM, a micronação tona-se "Membro Observador" e depois pode ser promovida a "Membro Pleno".
OBS2:  A CFM nunca vai se envolver em questões territoriais de seus membros.




Exclamation  PEDIDO DE ADESÃO À CFM  Idea 
Nome Oficial: Estado Livre da Guanabara
Nome curto: Guanabara
Capital: Rio de Janeiro
Padrão de nomes: Brasil (mas pode ser até 3 países de referência).
Nome da Federação de Futebol: Federação de Futebol da Guanabara
Nome do presidente da Federação: Adilson Requião
Estádio onde a seleção vai jogar (e a cidade): Arena Cachambi (Rio de Janeiro)
Território Macro: Estado do Rio de Janeiro (A CFM nunca vai se envolver em disputas territoriais).
Como vai ser a participação da sua micronação? Terá uma Liga para até 16 clubes? Ou será uma OMN (Micronação de um homem só).
Temos uma Liga para Micronações de um homem só.
Liga - Primeira Liga da Guanabara
  • Inclua a bandeira oficial do país.
  • Caso tenha uma camisa para a seleção, pode incluir aqui também. (Caso não, depois pensamos nisso).
[Image: Bandeira_do_Estado_da_Guanabara_%281960–1975%29.png]

Imprimir este artigo

Information Estatuto da Comunidade Euroasiática de Futebol
Inserido por: jonfonpa - 06-05-2021, 05:31 PM - Fórum: Federação Euro-Asia - Sem Respostas

Documento aprovado pela maioria das federações membras da CEAF em votação realizada nos dias 5 e 6 de maio de 2021.


.pdf   Estatuto da Comunidade Euroasiática de Futebol.pdf (Size: 462.21 KB / Downloads: 0)




[Image: attachment.php?aid=5]

Estatuto da Comunidade Euroasiática de Futebol (CEAF)
Da Composição

Art. 1º - A Comunidade Euroasiática de Futebol, também chamada pela sigla CEAF, é um órgão colegiado de federações de futebol, sua composição se dá por representantes das federações de futebol micronacional com identidade e projeto micronacional sediados em território europeu ou asiático.
Parágrafo único: uma vez aceito junto a Confederação de Futebol Micronacional (CFM), toda federação será, automaticamente, membro da CEAF caso seu projeto micropatriologico tenha sede geográfica no continente europeu ou asiático. Tendo assim direito a representação e voto dentro da CEAF.
I – A CEAF reafirma o compromisso da CFM em não envolver-se em questões de reconhecimento micronacional em níveis diplomáticos, uma vez aceito pela Confederação, a CEAF, enquanto órgão continental seguirá a anuência.
II – A CEAF não realizará processos de admissão de novos integrantes, reservado este direito a Confederação de Futebol Micronacional conforme seu estatuto e orientações da diretoria.

Da Presidência

Art. 2º - A Comunidade Euroasiática de Futebol será dirigida por uma Mesa Diretora, está será composta por: Presidente, Vice-Presidente, Tesoureiro e Secretários.
Parágrafo Primeiro: Os mandatos da Mesa Diretora se darão em períodos de 6 meses, sendo ao final organizadas eleições.
Parágrafo Segundo: As Secretarias serão criadas e extintas por livre iniciativa do Presidente da Mesa Diretora.
Parágrafo Terceiro: Vice-Presidente e Teoureiro serão membros de chapa do Presidente durante as eleições, sendo eleitos com ele, no entanto, caso sejam necessárias substituições, estes poderão ser substituídos seguindo o mesmo procedimento dos Secretários, entretanto suas funções nunca podem ser extintas ou permanecer vacantes.


Do Fundo de Competições

Art. 3º - Fica instituído o Fundo de Competições, destinado a premiações promovidas pela CEAF, seja em votações de destaques, seja por competições continentais.
Parágrafo Primeiro: O fundo será composto por taxa cobrada a cada temporada junto as Federações, esta será compulsória e proporcional as dimensões de cada federação, primando pelos princípios da equidade e sustentabilidade.
Parágrafo Segundo: Ao final de cada mandato, será apresentado relatório de balanço, apresentando entradas e saídas do Fundo de Competições, tendo este de ser aprovado em assembleia da CEAF.

Do Fundo de Amparo aos Novos Técnicos

Art. 4º - Fica instituído o Fundo de Amparo aos Novos Técnicos, com o intuito de apoiar técnicos iniciantes, que pela realidade desigual do mercado de transferências podem acabar por ter dificuldades, prejudicando seu engajamento.
Parágrafo Primeiro: O fundo é composto por doações de clubes membros das federações componentes da CEAF e é de caráter voluntário.
Parágrafo Segundo: Todas as doações devem ser analisadas pela Mesa Diretora, sendo estas apresentadas em relatórios, ao final do mandato, a assembleia da CEAF.
Parágrafo Terceiro: O montante máximo de doação será estabelecido pela Mesa Diretora, de acordo com o volume de crédito no fundo.

Da garantia de Autonomia

Art. 5º - A CEAF reafirma o principio de autonomia garantido a todas as federações que lhe compõe, isentando-se de interferências em suas competições nacionais.
Da Disciplina

Art. 6º - Casos disciplinares encaminhados a CEAF serão julgados pelo Tribunal de Justiça Desportivo Euroasiático (TJDEA).
Parágrafo Primeiro: O TJDEA será composto por 5 juízes, eleitos em mandatos semestrais pela Assembleia da CEAF.
Parágrafo Segundo: O TJDEA terá um regimento interno, escrito e editado pelos próprios juízes eleitos.
Parágrafo Terceiro: Recursos do TJDEA serão encaminhados ao STJD da CFM.

Da Assembleia

Art. 7º - A Assembleia da CEAF é o órgão deliberativo, composto por um representante de cada uma das micronações componentes da CEAF, responsável pela eleição da Mesa Diretora, Aprovação do Relatório Balanço ao final de cada mandato, além de redação e promulgação de Atos Normativos referentes ao âmbito da CEAF.
Parágrafo Primeiro: os delegados da Assembleia serão de livre indicação das Federações componentes da CEAF.
Parágrafo Segundo: os mandatos dos delegados são por tempo indeterminado, podendo ser substituído, por meio de comunicação da presidência da Federação membro, a qualquer tempo.
Parágrafo Terceiro: É vedado que um delegado seja membro da Mesa Diretora.

Da Academia de Formação Olímpica Euroasiática

Art. 8º - Fica estabelecida a Academia Olímpica Euroasiática(AOEA), que se constituirá por um clube, sem filiação permanente a qualquer liga, para o qual serão transferidos, sem custos, jovens europeus e asiáticos provenientes de equipes das federações membros da CEAF, com potencial, tendo pelo menos 51% de qualidade e idade igual ou inferior a 24 anos, mas sem espaço em suas equipes.
Parágrafo Primeiro: Os jovens serão transferidos sem custos a AOEA, e lá permanecerão até que se cumpram uma das seguintes condições:
I – Oferta de um clube europeu ou asiático de pelo menos 1/5 de seu valor de mercado(no menos 1.000.000 $);
II – Ter alcançado idade superior a 24 anos, depois da qual será dispensado da AOEA e colocado no mercado de transferência aberto.
Parágrafo Segundo:  O caixa da AOEA será mantido por doações de outros clubes e se preciso, por iniciativa da Mesa Diretora, completado pelo Fundo para Novos Técnicos.
I – A AOEA terá elenco mínimo de 11 jogadores e máximo de 40.
II – O estádio e o local da academia serão definidos por votação da Assembleia.
Parágrafo Terceiro: A direção da AOEA será rotativa, sendo um novo técnico indicado a cada temporada como técnico temporário.
II – O técnico da AOEA não poderá fazer contratações, apenas realizar as transferência de doação de outros clubes, assim como não poderá negar-se a aceitar transferências dentro do estabelecido no parágrafo primeiro do artigo oitavo.
III – A direção da AOEA deverá primar pela máxima rotatividade dos jovens em lugar de desempenho, sendo assim , deverá ser dada igual oportunidade a todos os jogadores, de forma que todos adquiram ritmo e tenham oportunidade de se desenvolver.
IV – A Mesa Diretora poderá optar por exonerar um técnico e nomear outro a qualquer tempo, sem necessidade de justificativas.
Parágrafo Quarto: A AOEA disputará a cada temporada uma liga inferior, seja ela segunda, terceira divisão, regional ou mesmo liga de aspirantes, isto será definido pela Mesa Diretora antes do início de cada temporada.
I – Primar-se-á sempre pela rotatividade, de forma que a AOEA não permaneça mais de uma temporada consecutiva em uma mesma liga;
II – A AOEA não galgará acesso a divisões superiores nem a competições internacionais;
III – A inscrição ou não da AOEA em copas nacionais, como convidada, será de livre iniciativa da administração de cada liga.
IV – As federações poderão apresentar proposta para receber a AOEA em suas divisões inferiores, no lugar de suas piores equipes na próxima temporada, cabendo a Mesa Diretora definir o método de escolha.
Parágrafo Quinto: A Mesa Diretora poderá decidir reverter recursos do caixa da AOEA de volta aos Fundos da Confederação a qualquer tempo.
Parágrafo Sexto: Cabe a Mesa Diretora fiscalizar o Técnico Interino da AOEA, de forma a garantir que ele esteja promovendo atividade e rotatividade entre os jogadores, além disso, que esteja promovendo treinamentos periódicos, ao menos 3x durante a semana.
I – Em caso de abandono da equipe ou não efetivação das premissas da AOEA, é dever da Mesa Diretora advertir ou, em caso de obstinação, exonerar o técnico, colocando em seu lugar outrem, disposto a fazê-lo.

Documento aprovado pela maioria das federações membros da CEAF em votação realizada nos dias 5 e 6 de maio de 2021.



Attached Files Thumbnail(s)
   
Imprimir este artigo

  VOTAÇÃO PARA ESCOLHA DA SEDE DA CEAF
Inserido por: jonfonpa - 06-05-2021, 10:33 AM - Fórum: Federação Euro-Asia - Respostas (7)

Eu, Henry Mompean Orleans-Grimaldi, na condição de Presidente da Comunidade Euroasiática de Futebol, declaro aberta a votação para Sede da Organização. São candidatas a receber a sede da CEAF:

DUBAI - Reino Semita da Escorvânia
[Image: GettyImages-1070127800-1.jpg]

EDIMBURGO - Grande Reino de Albion
[Image: Dicas-de-lugares-para-conhecer-Edimburgo-1.jpg]

ISTAMBUL - Reino da Turquestônia
[Image: istanbul-is-the-8th-most-popular-city-main-1000x516.jpg]

As Federações poderão manifestar seus votos, pedindo que seja feito também por escrito, seguindo o modelo:

Eu, (nome micronacional), em nome da federação (nome da federação), manifesto publicamente o voto pela cidade (nome da cidade escolhida) como sede da Comunidade Euroasiática de Futebol.

A votação se encerrará as 22h do dia de hoje(06/05/2021)

Imprimir este artigo

  VOTAÇÃO DO ESTATUTO DA CEAF
Inserido por: jonfonpa - 05-05-2021, 05:59 PM - Fórum: Federação Euro-Asia - Respostas (8)

Na condição de Presidente da Comunidade Euroasiática de Futebol, declaro aberta a votação referente a proposta de estatuto da entidade. Conforme o texto que se segue:


Quote:Estatuto da Comunidade Euroasiática de Futebol (CEAF)

Da Composição

Art. 1º - A Comunidade Euroasiática de Futebol, também chamada pela sigla CEAF, é um órgão colegiado de federações de futebol, sua composição se dá por representantes das federações de futebol micronacional com identidade e projeto micronacional sediados em território europeu ou asiático.
Parágrafo único: uma vez aceito junto a Confederação de Futebol Micronacional (CFM), toda federação será, automaticamente, membro da CEAF caso seu projeto micropatriologico tenha sede geográfica no continente europeu ou asiático. Tendo assim direito a representação e voto dentro da CEAF.
I – A CEAF reafirma o compromisso da CFM em não envolver-se em questões de reconhecimento micronacional em níveis diplomáticos, uma vez aceito pela Confederação, a CEAF, enquanto órgão continental seguirá a anuência.
II – A CEAF não realizará processos de admissão de novos integrantes, reservado este direito a Confederação de Futebol Micronacional conforme seu estatuto e orientações da diretoria.

Da Presidência

Art. 2º - A Comunidade Euroasiática de Futebol será dirigida por uma Mesa Diretora, está será composta por: Presidente, Vice-Presidente, Tesoureiro e Secretários.
Parágrafo Primeiro: Os mandatos da Mesa Diretora se darão em períodos de 6 meses, sendo ao final organizadas eleições.
Parágrafo Segundo: As Secretarias serão criadas e extintas por livre iniciativa do Presidente da Mesa Diretora.
Parágrafo Terceiro: Vice-Presidente e Teoureiro serão membros de chapa do Presidente durante as eleições, sendo eleitos com ele, no entanto, caso sejam necessárias substituições, estes poderão ser substituídos seguindo o mesmo procedimento dos Secretários, entretanto suas funções nunca podem ser extintas ou permanecer vacantes.
Do Fundo de Competições
Art. 3º - Fica instituído o Fundo de Competições, destinado a premiações promovidas pela CEAF, seja em votações de destaques, seja por competições continentais.
Parágrafo Primeiro: O fundo será composto por taxa cobrada a cada temporada junto as Federações, esta será compulsória e proporcional as dimensões de cada federação, primando pelos princípios da equidade e sustentabilidade.
Parágrafo Segundo: Ao final de cada mandato, será apresentado relatório de balanço, apresentando entradas e saídas do Fundo de Competições, tendo este de ser aprovado em assembleia da CEAF.

Do Fundo de Amparo aos Novos Técnicos

Art. 4º - Fica instituído o Fundo de Amparo aos Novos Técnicos, com o intuito de apoiar técnicos iniciantes, que pela realidade desigual do mercado de transferências podem acabar por ter dificuldades, prejudicando seu engajamento.
Parágrafo Primeiro: O fundo é composto por doações de clubes membros das federações componentes da CEAF e é de caráter voluntário.
Parágrafo Segundo: Todas as doações devem ser analisadas pela Mesa Diretora, sendo estas apresentadas em relatórios, ao final do mandato, a assembleia da CEAF.
Parágrafo Terceiro: O montante máximo de doação será estabelecido pela Mesa Diretora, de acordo com o volume de crédito no fundo.

Da garantia de Autonomia

Art. 5º - A CEAF reafirma o principio de autonomia garantido a todas as federações que lhe compõe, isentando-se de interferências em suas competições nacionais.
Da Disciplina
Art. 6º - Casos disciplinares encaminhados a CEAF serão julgados pelo Tribunal de Justiça Desportivo Euroasiático (TJDEA).
Parágrafo Primeiro: O TJDEA será composto por 5 juízes, eleitos em mandatos semestrais pela Assembleia da CEAF.
Parágrafo Segundo: O TJDEA terá um regimento interno, escrito e editado pelos próprios juízes eleitos.
Parágrafo Terceiro: Recursos do TJDEA serão encaminhados ao STJD da CFM.

Da Assembleia

Art. 7º - A Assembleia da CEAF é o órgão deliberativo, composto por um representante de cada uma das micronações componentes da CEAF, responsável pela eleição da Mesa Diretora, Aprovação do Relatório Balanço ao final de cada mandato, além de redação e promulgação de Atos Normativos referentes ao âmbito da CEAF.
Parágrafo Primeiro: os delegados da Assembleia serão de livre indicação das Federações componentes da CEAF.
Parágrafo Segundo: os mandatos dos delegados são por tempo indeterminado, podendo ser substituído, por meio de comunicação da presidência da Federação membro, a qualquer tempo.
Parágrafo Terceiro: É vedado que um delegado seja membro da Mesa Diretora.

Da Academia de Formação Olímpica Euroasiática

Art. 8º - Fica estabelecida a Academia Olímpica Euroasiática(AOEA), que se constituirá por um clube, sem filiação permanente a qualquer liga, para o qual serão transferidos, sem custos, jovens europeus e asiáticos provenientes de equipes das federações membros da CEAF, com potencial, tendo pelo menos 51% de qualidade e idade igual ou inferior a 24 anos, mas sem espaço em suas equipes.
Parágrafo Primeiro: Os jovens serão transferidos sem custos a AOEA, e lá permanecerão até que se cumpram uma das seguintes condições:
I – Oferta de um clube europeu ou asiático de pelo menos 1/5 de seu valor de mercado(no menos 1.000.000 $);
II – Ter alcançado idade superior a 24 anos, depois da qual será dispensado da AOEA e colocado no mercado de transferência aberto.
Parágrafo Segundo: O caixa da AOEA será mantido por doações de outros clubes e se preciso, por iniciativa da Mesa Diretora, completado pelo Fundo para Novos Técnicos.
I – A AOEA terá elenco mínimo de 11 jogadores e máximo de 40.
II – O estádio e o local da academia serão definidos por votação da Assembleia.
Parágrafo Terceiro: A direção da AOEA será rotativa, sendo um novo técnico indicado a cada temporada como técnico temporário.
II – O técnico da AOEA não poderá fazer contratações, apenas realizar as transferência de doação de outros clubes, assim como não poderá negar-se a aceitar transferências dentro do estabelecido no parágrafo primeiro do artigo oitavo.
III – A direção da AOEA deverá primar pela máxima rotatividade dos jovens em lugar de desempenho, sendo assim , deverá ser dada igual oportunidade a todos os jogadores, de forma que todos adquiram ritmo e tenham oportunidade de se desenvolver.
IV – A Mesa Diretora poderá optar por exonerar um técnico e nomear outro a qualquer tempo, sem necessidade de justificativas.
Parágrafo Quarto: A AOEA disputará a cada temporada uma liga inferior, seja ela segunda, terceira divisão, regional ou mesmo liga de aspirantes, isto será definido pela Mesa Diretora antes do início de cada temporada.
I – Primar-se-á sempre pela rotatividade, de forma que a AOEA não permaneça mais de uma temporada consecutiva em uma mesma liga;
II – A AOEA não galgará acesso a divisões superiores nem a competições internacionais;
III – A inscrição ou não da AOEA em copas nacionais, como convidada, será de livre iniciativa da administração de cada liga.
IV – As federações poderão apresentar proposta para receber a AOEA em suas divisões inferiores, no lugar de suas piores equipes na próxima temporada, cabendo a Mesa Diretora definir o método de escolha.
Parágrafo Quinto: A Mesa Diretora poderá decidir reverter recursos do caixa da AOEA de volta aos Fundos da Confederação a qualquer tempo.
Parágrafo Sexto: Cabe a Mesa Diretora fiscalizar o Técnico Interino da AOEA, de forma a garantir que ele esteja promovendo atividade e rotatividade entre os jogadores, além disso, que esteja promovendo treinamentos periódicos, ao menos 3x durante a semana.
I – Em caso de abandono da equipe ou não efetivação das premissas da AOEA, é dever da Mesa Diretora advertir ou, em caso de obstinação, exonerar o técnico, colocando em seu lugar outrem, disposto a fazê-lo.
A votação do Estatuto será realizada no dia 05/05 às 18h, horário de Brasília.
Foram informadas todas as federações que compõe a Comunidade de Futebol Euroasiática.


A votação se dará das 18h do dia 05/05 até às 6h do dia 06/05. 
Relembrando que será considerado apenas 1 voto por federação.

Relembro que a não manifestação será computada como Abstenção ao final da votação.

Imprimir este artigo

  Abertura de Candidatura a Sede da CEAF
Inserido por: jonfonpa - 04-05-2021, 03:57 PM - Fórum: Federação Euro-Asia - Respostas (5)

Na condição de Presidente da CEAF, declaro aberto o processo para submissão de candidaturas para sede deste orgão.
Os federações que desejarem submeter candidatura devem apresentar os seguintes dados:

Nome da micronação:
Endereço eletrônico do fórum, grupo, canal ou site onde esta funciona:
Cidade onde se situará a sede:

O prazo para submissão de candidaturas vai de 04/05 a 05/05.

Imprimir este artigo

  PROPOSTA DE ESTATUTO
Inserido por: jonfonpa - 04-05-2021, 11:06 AM - Fórum: Federação Euro-Asia - Respostas (3)

Estatuto da Comunidade Euroasiática de Futebol (CEAF)

Da Composição

Art. 1º - A Comunidade Euroasiática de Futebol, também chamada pela sigla CEAF, é um órgão colegiado de federações de futebol, sua composição se dá por representantes das federações de futebol micronacional com identidade e projeto micronacional sediados em território europeu ou asiático.
Parágrafo único: uma vez aceito junto a Confederação de Futebol Micronacional (CFM), toda federação será, automaticamente, membro da CEAF caso seu projeto micropatriologico tenha sede geográfica no continente europeu ou asiático. Tendo assim direito a representação e voto dentro da CEAF.
I – A CEAF reafirma o compromisso da CFM em não envolver-se em questões de reconhecimento micronacional em níveis diplomáticos, uma vez aceito pela Confederação, a CEAF, enquanto órgão continental seguirá a anuência.
II – A CEAF não realizará processos de admissão de novos integrantes, reservado este direito a Confederação de Futebol Micronacional conforme seu estatuto e orientações da diretoria.

Da Presidência

Art. 2º - A Comunidade Euroasiática de Futebol será dirigida por uma Mesa Diretora, está será composta por: Presidente, Vice-Presidente, Tesoureiro e Secretários.
Parágrafo Primeiro: Os mandatos da Mesa Diretora se darão em períodos de 4 meses, sendo ao final organizadas eleições.
Parágrafo Segundo: As Secretarias serão criadas e extintas por livre iniciativa do Presidente da Mesa Diretora.
Parágrafo Terceiro: Vice-Presidente e Teoureiro serão membros de chapa do Presidente durante as eleições, sendo eleitos com ele, no entanto, caso sejam necessárias substituições, estes poderão ser substituídos seguindo o mesmo procedimento dos Secretários, entretanto suas funções nunca podem ser extintas ou permanecer vacantes.
Do Fundo de Competições
Art. 3º - Fica instituído o Fundo de Competições, destinado a premiações promovidas pela CEAF, seja em votações de destaques, seja por competições continentais.
Parágrafo Primeiro: O fundo será composto por taxa cobrada a cada temporada junto as Federações, esta será compulsória e proporcional as dimensões de cada federação, primando pelos princípios da equidade e sustentabilidade.
Parágrafo Segundo: Ao final de cada mandato, será apresentado relatório de balanço, apresentando entradas e saídas do Fundo de Competições, tendo este de ser aprovado em assembleia da CEAF.

Do Fundo de Amparo aos Novos Técnicos

Art. 4º - Fica instituído o Fundo de Amparo aos Novos Técnicos, com o intuito de apoiar técnicos iniciantes, que pela realidade desigual do mercado de transferências podem acabar por ter dificuldades, prejudicando seu engajamento.
Parágrafo Primeiro: O fundo é composto por doações de clubes membros das federações componentes da CEAF e é de caráter voluntário.
Parágrafo Segundo: Todas as doações devem ser analisadas pela Mesa Diretora, sendo estas apresentadas em relatórios, ao final do mandato, a assembleia da CEAF.
Parágrafo Terceiro: O montante máximo de doação será estabelecido pela Mesa Diretora, de acordo com o volume de crédito no fundo.

Da garantia de Autonomia

Art. 5º - A CEAF reafirma o principio de autonomia garantido a todas as federações que lhe compõe, isentando-se de interferências em suas competições nacionais.
Da Disciplina
Art. 6º - Casos disciplinares encaminhados a CEAF serão julgados pelo Tribunal de Justiça Desportivo Euroasiático (TJDEA).
Parágrafo Primeiro: O TJDEA será composto por 5 juízes, eleitos em mandatos semestrais pela Assembleia da CEAF.
Parágrafo Segundo: O TJDEA terá um regimento interno, escrito e editado pelos próprios juízes eleitos.
Parágrafo Terceiro: Recursos do TJDEA serão encaminhados ao STJD da CFM.

Da Assembleia

Art. 7º - A Assembleia da CEAF é o órgão deliberativo, composto por um representante de cada uma das micronações componentes da CEAF, responsável pela eleição da Mesa Diretora, Aprovação do Relatório Balanço ao final de cada mandato, além de redação e promulgação de Atos Normativos referentes ao âmbito da CEAF.
Parágrafo Primeiro: os delegados da Assembleia serão de livre indicação das Federações componentes da CEAF.
Parágrafo Segundo: os mandatos dos delegados são por tempo indeterminado, podendo ser substituído, por meio de comunicação da presidência da Federação membro, a qualquer tempo.
Parágrafo Terceiro: É vedado que um delegado seja membro da Mesa Diretora.

Da Academia de Formação Olímpica Euroasiática

Art. 8º - Fica estabelecida a Academia Olímpica Euroasiática(AOEA), que se constituirá por um clube, sem filiação permanente a qualquer liga, para o qual serão transferidos, sem custos, jovens europeus e asiáticos provenientes de equipes das federações membros da CEAF, com potencial, tendo pelo menos 51% de qualidade e idade igual ou inferior a 24 anos, mas sem espaço em suas equipes.
Parágrafo Primeiro: Os jovens serão transferidos sem custos a AOEA, e lá permanecerão até que se cumpram uma das seguintes condições:
I – Oferta de um clube europeu ou asiático de pelo menos 1/5 de seu valor de mercado(no menos 1.000.000 $);
II – Ter alcançado idade superior a 24 anos, depois da qual será dispensado da AOEA e colocado no mercado de transferência aberto.
Parágrafo Segundo:  O caixa da AOEA será mantido por doações de outros clubes e se preciso, por iniciativa da Mesa Diretora, completado pelo Fundo para Novos Técnicos.
I – A AOEA terá elenco mínimo de 11 jogadores e máximo de 40.
II – O estádio e o local da academia serão definidos por votação da Assembleia.
Parágrafo Terceiro: A direção da AOEA será rotativa, sendo um novo técnico indicado a cada temporada como técnico temporário.
II – O técnico da AOEA não poderá fazer contratações, apenas realizar as transferência de doação de outros clubes, assim como não poderá negar-se a aceitar transferências dentro do estabelecido no parágrafo primeiro do artigo oitavo.
III – A direção da AOEA deverá primar pela máxima rotatividade dos jovens em lugar de desempenho, sendo assim , deverá ser dada igual oportunidade a todos os jogadores, de forma que todos adquiram ritmo e tenham oportunidade de se desenvolver.
IV – A Mesa Diretora poderá optar por exonerar um técnico e nomear outro a qualquer tempo, sem necessidade de justificativas.
Parágrafo Quarto: A AOEA disputará a cada temporada uma liga inferior, seja ela segunda, terceira divisão, regional ou mesmo liga de aspirantes, isto será definido pela Mesa Diretora antes do início de cada temporada.
I – Primar-se-á sempre pela rotatividade, de forma que a AOEA não permaneça mais de uma temporada consecutiva em uma mesma liga;
II – A AOEA não galgará acesso a divisões superiores nem a competições internacionais;
III – A inscrição ou não da AOEA em copas nacionais, como convidada, será de livre iniciativa da administração de cada liga.
IV – As federações poderão apresentar proposta para receber a AOEA em suas divisões inferiores, no lugar de suas piores equipes na próxima temporada, cabendo a Mesa Diretora definir o método de escolha.
Parágrafo Quinto: A Mesa Diretora poderá decidir reverter recursos do caixa da AOEA de volta aos Fundos da Confederação a qualquer tempo.
Parágrafo Sexto: Cabe a Mesa Diretora fiscalizar o Técnico Interino da AOEA, de forma a garantir que ele esteja promovendo atividade e rotatividade entre os jogadores, além disso, que esteja promovendo treinamentos periódicos, ao menos 3x durante a semana.
I – Em caso de abandono da equipe ou não efetivação das premissas da AOEA, é dever da Mesa Diretora advertir ou, em caso de obstinação, exonerar o técnico, colocando em seu lugar outrem, disposto a fazê-lo.


A votação do Estatuto será realizada no dia 05/05 às 18h, horário de Brasília.
Foram informadas todas as federações que compõe a Comunidade de Futebol Euroasiática.

Imprimir este artigo

  Novas Imagens para lances do jogo incluídas
Inserido por: Requiao - 28-04-2021, 07:31 PM - Fórum: Ofícios e atualizações - Sem Respostas

Novas Imagens para lances do jogo incluídas. 

Caso tenham imagens genéricas de lances de jogo, podem enviar para quem sabe podermos usar.


  • Gol
  • Bota na Trave
  • Impedimento
  • Escanteio
  • Cartão Amarelo
  • Cartão Vermelho
  • (4) Opções de Defesas de Goleiro
[Image: goal.jpg]


[Image: trave.jpg]

[Image: impedimento.jpg]

[Image: corner.jpg]

[Image: YellowCard.jpg]

[Image: RedCard2.jpg]

[Image: goleiro1.jpg]

[Image: goleiro2.jpg]
[Image: goleiro3.jpg]
[Image: goleiro4.jpg]

Imprimir este artigo

  Solicitação de Alteração de Nome e Nacionalidade
Inserido por: KennyMcGinn - 26-04-2021, 09:40 PM - Fórum: Pedidos de adesão de novos membros - Respostas (6)

Solicito a alteração do nome da seleção da Escócia para Grande Reino de Alba, e também da nacionalidade dos jogadores. A bandeira permanece a mesma, apenas o nome deverá ser modificado.


Kenny McGinn, representante da Federação do Grande Reino de Alba

Imprimir este artigo

  Denuncia - Clube Irregular
Inserido por: Dirlei S. Dias - 25-04-2021, 09:04 PM - Fórum: Registro de Denúncias - Respostas (1)

O técnico ThalesBFR assumiu o clube Bordeaux Athlétique da Divisão Regional 1 francesa sem deixar o Manchester United, a situação irregular acontece desde pelo menos o inicio do ano.

Imprimir este artigo

  campo "Confederação Continetal" no perfil das seleções
Inserido por: Requiao - 25-04-2021, 06:38 PM - Fórum: Ofícios e atualizações - Sem Respostas

Na página de seleções foi adicionado o campo "Confederação Continetal" para que facilite a identificação de qual seleção faz parte de qualquer outra Confederação continental, como a das América, Euro-Ásia ou a de OMNs. 

Exemplo: Guanabara é da COFUMA

Arquivo exitado: /templates/default/views/team-details.twig


[Image: 173360678_5459847940723577_3486640642112...e=60AD6868]

Imprimir este artigo

[-]
Busca








(Advanced Search)

[-]
Últimas Postagens
Modelo de Pedido de Adesão
Este é o modelo de Pedido de A...Requiao — 09:53 AM
VOTAÇÃO PARA ESCOLHA DA SEDE DA CEAF
Encerrada a votação. Dubai co...jonfonpa — 10:39 PM
OFÍCIO N° 01/2021- OFICIALIZAÇÃO DAS CO...
Segue o Estatuto votado e apro...jonfonpa — 05:52 PM
VOTAÇÃO PARA ESCOLHA DA SEDE DA CEAF
Eu, Henry Mompean Orleans-Grim...jonfonpa — 05:34 PM
Estatuto da Comunidade Euroasiática de F...
Documento aprovado pela maiori...jonfonpa — 05:31 PM
VOTAÇÃO PARA ESCOLHA DA SEDE DA CEAF
Eu, Ali Al-Feres, em nome da f...Elvis2021 — 05:06 PM
VOTAÇÃO PARA ESCOLHA DA SEDE DA CEAF
Eu, Abbas Al-Feres, em nome da...Abbas — 05:03 PM
VOTAÇÃO PARA ESCOLHA DA SEDE DA CEAF
Eu, HAFEZ ABBAS ISSA AL-FERES,...hafez.alferes — 05:03 PM
VOTAÇÃO PARA ESCOLHA DA SEDE DA CEAF
O tzarado vota em dubaiBorisIV — 03:13 PM
VOTAÇÃO PARA ESCOLHA DA SEDE DA CEAF
Eu, Kenny McGinn, em nome da f...KennyMcGinn — 10:37 AM

[-]
Top Postagens
Top Posters For All Time
no avatar Requiao
17
no avatar jonfonpa
14
no avatar KennyMcGinn
7
no avatar Dirlei S. Dias
6
no avatar BorisIV
4
no avatar Dell Fierro II
3
no avatar Abbas
3
no avatar Administrador
2
no avatar Eliabb Cordeiro
2
no avatar Murat Kovakköy
2

[-]
Quem Está Online?
There are currently no members online.

[-]
Estatísticas
» Members: 23
» Latest member: ninus
» Forum threads: 26
» Forum posts: 68

Full Statistics

[-]
Admins Online
There are no staff members currently online.